Qual Certificação na Língua Inglesa é a Mais Adequada para Você?

Por 19 de março de 2019Auding Idiomas, Inglês

Se você pretende fazer um teste de proficiência em inglês, mas não tem certeza de qual deve realizar, entenda agora a diferença entre TOEFL, TOEIC, GMAT e os exames Cambridge.

Cambridge General English

Jovens e adultos que pretendem estudar ou trabalhar no exterior devem enfrentar um exame específico para mensurar seu nível de inglês. Por isso, é essencial entender a diferença entre cada um deles. Os exames Cambridge têm o seu próprio Cambridge English Scale, uma escala desenvolvida pela Universidade de Cambridge e criada para complementar o Quadro Comum Europeu de Referência para Línguas (CEFR).

Os General Exams são divididos principalmente em:

  • Cambridge English: Key (KET)
  • Cambridge English: Preliminary (PET)
  • Cambridge English: First (FCE)
  • Cambridge English: Advanced (CAE)
  • Cambridge English: Proficiency (CPE)

Eles vão de um nível preliminar até um nível mais avançado e são bastante procurados por quem deseja comprovar proficiência em inglês voltada a viagens, estudos e mercado de trabalho. Os testes são focados nas áreas de listening (compreensão oral), reading (compreensão escrita), writing (expressão escrita) e speaking (expressão oral) e, em alguns casos, de use of English (uso da língua inglesa). Os testes Cambridge são reconhecidos por diversas empresas e universidades. Este exame não tem prazo de validade.

Cambridge Business English (BEC)

Também elaborado pela Universidade de Cambridge, só que testa o inglês dentro do mundo corporativo. Por isso é indicado para quem estuda na área de negócios – mas não há necessidade de experiência prévia em uma empresa.

São três opções de nível: Business Preliminary (classificação B1 no CEFR), Business Vantage (classificação B2), e Business Higher (classificação C1). Estes exames não têm prazo de validade.

International English Language Testing System (IELTS)

Segundo o site do Cambridge English, instituições educacionais, empresas, agências de imigração, entre outros órgãos, solicitam alguma prova de proficiência em inglês como parte dos seus procedimentos de admissão. Os exames IELTS são amplamente aceitos nestas situações.

Esses exames são divididos em dois níveis: o Academic, para quem deseja estudar no país ou General Training, para quem vai trabalhar. O teste avalia listening, reading, writing e speaking. Ele é aceito em universidades do Reino Unido, Irlanda, Austrália e Nova Zelândia. A validade da certificação é de 2 anos.

Business Language Testing Service (BULATS)

O último da família Cambridge de Certificações, o BULATS está disponível para provar domínio de francês, alemão, espanhol, além do inglês. O teste avalia o nível de conhecimento de um funcionário dentro de uma empresa, não existindo aprovação ou reprovação do candidato. A contagem dos pontos, também em cima da escala CEFR, funciona da seguinte forma:

  • Entre 10 e 19 pontos: nível A1 iniciante
  • Entre 20 e 39 pontos: nível A2, elementar
  • Entre 40 e 59 pontos: nível B1, intermediário
  • Entre 60 e 74 pontos: nível B2, intermediário avançado
  • Entre 75 e 89 pontos: nível C1, superior
  • Entre 90 e 100 pontos: nível C2, superior avançado

Para trabalhar ou fazer um estágio em um país hispanófono como a Espanha, as empresas normalmente exigem o nível B2. A Cambridge aconselha que os empregadores das instituições/empresas solicitem documentos adicionais dos candidatos cujo teste tenha sido realizado a mais de 2 anos.

cambridge exams

Test of English as a Foreign Language (TOEFL)

Este teste avalia a capacidade de entendimento e utilização da língua inglesa em um contexto acadêmico. Sua principal finalidade é verificar a proficiência de estrangeiros candidatos a algum curso universitário nos EUA e Canadá. Ele avalia reading, writing, listening e speaking. 

São 5 diferentes modalidades, aplicadas em situações específicas: o TOEFL Primary e TOEFL Junior, voltados ao público infantil, e os TOEFL IBT (Internet Based Test, mais aceito por universidades de fora), TOEFL PBT (Paper Based Test, aplicado em países onde o acesso à internet é restrito) e TOEFL ITP (Institutional Testing Program, com sessões de Listening e Reading e breve sessão de “Estrutura da Língua”), voltados ao público jovem e adulto. A validade da certificação é de 2 anos.

Entenda melhor as pontuações do TOEFL IBT: http://www.ets.org/pt/toefl/ibt/scores/understand

Test of English for International Communication (TOEIC)

Este teste tem uma finalidade negocial direcionada a alunos e profissionais. Suas questões são direcionadas a avaliar se o candidato possui a aptidão necessária para ocupar determinados cargos no mercado de trabalho. Dessa forma, este exame analisa se o aluno consegue utilizar o inglês em reuniões, viagens, conversas telefônicas e apresentações, por exemplo. Ele avalia reading comprehension, writing test, listening comprehension e speaking. A validade da certificação é de 2 anos.

Em resultados entre 10 e 180, considera-se que o candidato não possui proficiência no inglês. Para comprovação, a pontuação mínima exigida é de 185 pontos. A partir daí, os níveis de proficiência são divididos em:

  • 185 — 250: Memorized Proficiency
  • 255 — 400: Elementary Proficiency
  • 405 — 600: Elementary Proficiency Plus
  • 605 — 780: Limits Working Proficiency
  • 785 — 900: Working Proficiency Plus
  • 905 — 990: International Proficiency

Graduate Management Admission Test (GMAT)

O GMAT é um exame de admissão reconhecido pelos cursos de graduação de diversas universidades do mundo.

Mais de 1.500 programas de MBA em mais de 80 países utilizam as notas do GMAT como uma etapa de seus processos de seleção de alunos. O GMAT é válido também em alguns masters em Finanças, Políticas Públicas, Relações Internacionais, dentre outros. O exame é administrado pelo Graduate Management Admission Council e é realizado em aproximadamente 110 países.

O teste analisa analytical writing (escrita analítica), integrated reasoning (raciocínio integrado), quantitative (raciocínio quantitativo) e verbal (raciocínio verbal), mas não testa nenhum conhecimento específico em negócios. A prova foge dos padrões e tem uma natureza interativa, a fim de avaliar a inteligência lógica do participante e sua habilidade de tomar decisões sob pressão de tempo.

Como é realizada em um formato de Computer Adaptive Test (CAT), o teste permite que o nível das questões seja diferente dependendo do desempenho do candidato. Isso é, se você começa bem a prova, começam a vir questões mais complexas, que valem mais pontos. A validade da certificação é de 5 anos.

Esperamos que este post tenha ajudado a decidir o melhor teste de proficiência para você. O mais importante, independente de qual for a sua escolha, é estudar como a prova é realizada,  quais assuntos cairão e se dedicar. Os exames citados não são gratuitos e muito menos baratos, então é bom que os faça com responsabilidade. Conte também com a Auding para auxiliar no preparo para estas certificações!

Comentários

Posts Relacionados

Deixe um Comentário