Dia Internacional da Francofonia

Por 20 de março de 2019Francês

Neste dia 20, comemora-se o Dia Internacional da Francofonia e para celebrar esta data, diversas cidades pelo país estarão oferecendo atividades e espetáculos para o público. Mas antes de ver esta programação mais que especial, que tal aprender um pouquinho sobre a francofonia.

Como Nasceu a Francofonia?

Por volta do século XIX, o geógrafo Onésime Reclus criou o termo “francofonia” a fim de designar o grupo de pessoas e países que utilizavam o francês. Ele era um patriota e acreditava que a expansão colonial da França estava no viés linguístico.

Com o passar do tempo, o termo deixou de ter uma conotação colonial e passou a qualificar todas as comunidades que possuíam a língua francesa em comum. Aqueles que compartilham a francofonia são chamados de francófonos, que simplesmente são as pessoas que falam francês.

O termo foi particularmente popularizado por Léopold Sédar Senghor, primeiro Presidente do Senegal e um dos pais fundadores do movimento na década de 1960, que dizia: “São os povos que, por intermédio de seus eleitos, empurram os governos para a frente. Seria preciso reunir numa associação interparlamentar os parlamentos de todos os países onde se fala francês”.

Uma organização própria

Com intuito de deixar a francofonia viva, diversas instituições, ONGs e organizações internacionais foram formadas, a mais importante delas sendo a Organização Internacional da Francofonia (OIF), criada em 1970.

A OIF tem como missão apoiar uma sociedade ativa entre os 88 Estados e governos que a compõem, dentre eles 61 membros e 27 observadores. Este número chega a mais de um terço dos Estados membros das Nações Unidas, totalizando uma população de mais de 890 milhões de pessoas, 300 milhões das quais são francófonas.

A Organização também executa ações políticas e de cooperação multilateral frente a população francófona; e sua atuação visa respeitar a diversidade cultural e linguística.

A Francofonia é um fenômeno global

É estimado que o francês seja falado por quase 300 milhões de pessoas por todo o mundo. È o quinto idioma mais falado no mundo, perdendo apenas para o mandarim, o inglês, o espanhol e o árabe. É também o segundo idioma mais estudado do mundo, depois do inglês. O francês é falado em 56 países, seja como língua oficial, co-oficial ou como idioma com números significativos de falantes, que é o que acontece em países como a Argélia e a Tunísia.

 

Agenda Cultural

O Institut Français do Brasil oferece uma agenda muito rica de eventos, em cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Brasília e Belo Horizonte.

No Rio, está acontecendo o Mês da Francofonia, ofertado pelo Consulado da França no Rio de Janeiro. O Cinemaison está homenageando um país francófono a cada semana: no dia 19 acontecerá a Noite Canadá, no dia 25 a Noite Belga e no dia 26, acontece a Noite Suíça. No dia 1° de abril, acontecerá a Noite Tunísia e, por fim, no dia 2 estará ocorrendo a Noite França.

Em SP, a Festa da Francofonia completa sua décima edição. O Sesc Vila Mariana apresenta a Mostra de Filmes da Francofonia, com 8 sessões, do dia 21 a 29 de março. As produções ofertadas serão: A Nossa Espera (França e Bélgica), Bécassine! (França), Me Tira Uma Dúvida (França), Félicité (França), Fortuna (Suíça e Bélgica), Le Vent Tourne (Suíça, França e Bélgica), Hochelga, Terra das Almas (Québec e Canadá), Pieds Nus dans l’Aube (Québec e Canadá). A Mostra terá ingressos gratuitos e legendas em português.

Em Recife, nos dias 28 e 29 de março, acontecerá uma super aula conduzida pelo músico de jazz Samy Thiébault, no Conservatório do Estado de Pernambuco. E no dia 30, haverá um concerto de Thiébault com músicos locais no Teatro Valdemar Oliveira. A turnê de Samy Thiébault também passa por de Aracaju, Fortaleza, João Pessoa e Salvador.

Em Brasília, está acontecendo desde o dia 18 e vai até o dia 29 de março, a Mostra de Cinema Francófono, no Cine Le Corbusier. A programação conta com 10 filmes.

E por fim, em BH irá acontecer a Mostra Diretoras Francófonas no SESC, entre os dias 26 e 31. Os filmes exibidos serão: Cineast(a)s; Coração de Espinhos; M; Mulheres e Homens; Assim Que Abro Os Meus Olhos; Luna; e Le Vent Tourne. A mostra acontece em parceria com a Cinemateca da Embaixada da França.

Para mais informações sobre os demais eventos que irão ocorrer, acesse o site do Institut Français.

Espero que tenham aprendido um pouco mais sobre a francofonia e que aproveitem esse mês inteirinho de muito francês e cultura!

 

Comentários

Posts Relacionados

Deixe um Comentário